Sejam bem vindos!

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Vem, amado da minh´alma!

Levantai, oh noiva escolhida!
Levantai e põe-te pronta!
Tu que já tens contigo vestes brancas de pureza e atavios de santidade.
Põe-te em pé escolhida, pois eis que o teu noivo saiu ao teu encontro.
Seu brilho no horizonte é como o levantar da aurora, rasgando o céu escuro no primeiro crepúsculo
O esplendor de sua vinda, se percebe desde os confins do infinito
Se alegre oh céus, pois a hora tão almejada chegou e o noivo vem ao encontro de sua amada
Seu dote, a muito foi pago e as núpcias estão preparadas
Quem impedirá agora essa união eterna, cujo tempo é testemunha?
Nada impede os passos saltitantes da noiva que se ergue em busca do Desejado
Ao som de trombetas ela se eleva ao encontro do noivo
As estrelas são como pétalas lançadas no seu caminho,
O seu nome é Escolhida, também chamada Imaculada
Seus lábios, mesmo em sussurros só conseguem dizer uma coisa:
Vem, amado da minh´alma!